(…) Na senda da publicação "De capuz, chapelinho ou gorro: recriações de O Capuchinho Vermelho na literatura portuguesa para a infância", Sara Reis da Silva apresenta-nos agora novo estudo, desta feita, sobre as reescritas de Hänsel und Gretel.  Nele, ilustra a vasta divulgação internacional deste conto com numerosos exemplos de edições em diferentes países e segue o trilho da recepção portuguesa desde meados do século XIX até ao presente, dedicando especial atenção a novas histórias de Hänsel e Gretel de data recente, que claramente se destacam pela originalidade e pela qualidade literária. (…)
As muitas traduções e reescritas portuguesas que se seguiram ao longo de quase 150 anos, e que Sara Reis da Silva tão bem soube recolher, seleccionar e apresentar neste volume, dão mostra da vitalidade do conto na literatura para crianças e dão também mostra da criatividade de tradutores, escritores e ilustradores.
“«Casas muito doces»: Reescritas infanto-juvenis de Hänsel e Gretel", de Sara Reis da Silva, permite a estudiosos e outros leitores interessados aceder à história da recepção internacional do famoso conto dos Irmãos Grimm e compreender, através dos muitos exemplos dados, de que modo procedimentos de recriação contribuem para revitalizar e rejuvenescer velhos contos e assim lhes garantir a perenidade. (Maria Teresa Cortez, no Prefácio).

CASAS MUITO DOCES

€10.00 Preço normal
€9.00Preço promocional
  • Sara Reis da Silva (escreveu)
    Miriam Reis (ilustração da capa)

    Ano: 2015
    Formato: 14,5cm x 19,5cm
    Nº de páginas: 124
    ISBN: 9789898582393